Exclusão social e pobreza na qualidade de ensino: estudo de caso no ensino primário - Angola

Justino Cangue

Resumo


O artigo apresenta os resultados de um estudo realizado em uma localidade angolana e propõe-se estabelecer relações entre as condições socioeconômicas dos alunos e as condições de aprendizado escolar. Procurou-se compreender se a qualidade de vida precária das famílias implica na situação de fracasso de aprendizagem dos seus educandos. As crianças que representam a amostra, nunca têm as três refeições diárias, nem uma refeição de qualidade. E a escola onde estudam não oferece a merenda escolar ao longo do período das aulas. Por meio de uma pesquisa mista, analisou-se a relação da pobreza e a aprendizagem dos alunos da escola primária da Tchavola, uma zona periférica da cidade do Lubango – Angola.


Social exclusion and poverty in the quality of teaching: a case study in primary education in Angola

This paper presents the results of a study carried out in an Angolan town and sets out to establish a relationship between the socioeconomic conditions of students and the conditions of school learning. It aimed to understand if the precarious quality of life for families contributes to the failure situation in learning for their children. The children that represent the sample never have three meals a day, nor even one quality meal. And the school where they study does not offer lunch/snack during the class period. Using a mixed research model, an analysis was done of the relation between poverty and students’ performance at the Tchavola primary school, a peripheral area in the city of Lubango, Angola.

KEY WORDS: Social exclusion; Poverty; School inclusion; Teaching Quality; Angola.


La exclusión social y la pobreza en la calidade de la educación: estudio de caso en la enseñanza primaria en Angola 

El artículo presenta los resultados de un estudio realizado en una localidad angoleña y propone establecer relaciones entre las condiciones socioeconómicas de los estudiantes y las condiciones de aprendizaje de la escuela. Se trató de comprender si la precaria calidad de vida de las familias implica la situación de fracaso escolar de sus alumnos. Los niños que representan la muestra nunca tienen las tres comidas diarias, ni una comida de calidad. Y la escuela donde estudian no ofrece una comida escolar durante el período de clase. Una encuesta mixta analizó la relación entre la pobreza y el aprendizaje de los estudiantes de la escuela primaria de Tchavola, una zona periférica de la ciudad de Lubango - Angola.

Palabras-claves: Exclusión social; Pobreza; Inclusión escolar; Calidad de la educación; Angola.



Palavras-chave


Exclusão social; Pobreza; Inclusão escolar; Qualidade de ensino; Angola

Texto completo:

PDF

Referências


ANGOLA. Constituição da República de Angola. República de Angola: Luanda, 2010.

ANGOLA. Lei nº 17/16 - Lei de Bases do Sistema da Educação. Luanda, 2016.

ABREU, Cesaltina. Social inequality and poverty: yesterday, today and (what) tomorrow. Revista Angolana de Sociologia, v. 9, p. 93-111, 2012. DOI: https://doi.org/10.4000/ras.440.

AURÉLIO, M. Conceito da metodologia. 5. Edição. Cabo-Verde: Porto, 2014.

BERNAL-GUERRERO, Antonino; CANGUE, Justino. The leadership in Angolan teacher trainainig schools. The International Jounal of Educational Organization and Leardership, 25, n. 1, jan. 2018. DOI: https://doi.org/10.18848/2329-1656/CGP/v25i01/15-28.

CANGUE, Justino. Liderança na gestão das escolas de Formação de Professores em Angola. Tese (Doutorado em Educação) - Facultad de Ciências de la Educación, Universidad de Sevilla, Sevilha, Espanha, 2018.

CAPUCHA, Luís Antunes. Desafios da pobreza. Tese (Doutorado em Sociologia) - Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa, Lisboa, Portugal, 2005.

CARVALHO, Carlos Rosado; EUGÉNIO, Kussy. Estado da educação em Angola. Direito ao ponto. You Tube. TV Zimbo - Luanda, 8 de junho, 2020.

CARVALHO, Paulo de. Modos de vida e estratégias de sobrevivências dos deficientes físicos na cidade de Luanda, Luanda, 2004a.

CARVALHO, Paulo de. Exclusão social em Angola: O caso dos deficientes físicos de Luanda. Tese (Doutorado em Sociologia) – Instituto Universitário de Lisboa, Lisboa, Portugal, 2004b.

COSTA, Alfredo da. Exclusões sociais. Edições Gradiva – Lisboa, 1998.

LOW, Stephen. Filosofia. História, Ideias, Teorias, Quem é Quem, Como Pensar. Guias Essenciais. DW Civilização Editores, Lisboa. 2009.

MINPLAN (Ministério do Planejamento). Estratégia de combate à pobreza: Exposição Síntese de Alguns Itens Seleccionados da Vertente Social. Cadernos da População e Desenvolvimento, Luanda, ano V, v. 9, n. 1, 2005.

OLIVEIRA, Sílvia de. Looking at poverty in Angola. Causes, consequences and strategies for its eradication. Ciências Sociais Unisinos, Unisinos, São Leopoldo, v. 48, n. 1, p. 29 – 40, 2012a. DOI: https://doi.org/10.4013/csu.2012.48.1.04

OLIVEIRA, Sílvia de. Modos de vida da pobreza em Angola. Revista Angolana de Sociologia, v. 9, p. 125-134, 2012b. DOI: https://doi.org/10.4000/ras.457.

PNDE (Plano Nacional de Desenvolvimento da Educação). Educar – Angola, 2017-2030. Huambo, 2017.

ROCHA, Manuel José Alves. Opiniões e reflexões - Colectânea de artigos, conferências e palestras sobre Angola, África e o Mundo . Luanda, 2004.

RODRIGUES, Eduardo Victor. A pobreza e a exclusão social: teorias, conceitos e políticas sociais em Portugal. Lisboa: Universidade do Porto, Faculdade de Letras. 1999.

SANTOS, Daniel dos. Encontro entre a pobreza e moral em Luanda. Urbanização, direitos e violência. Sociedade e Estado, Brasília, v. 30, n. 1, p. 99-122, abr. 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-69922015000100099&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 21 jul. 2020. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-69922015000100007.

SEN, Amartya. Pobreza e Fome. Um estudo sobre direitos e privações. Lisboa: Terramar Editora, 1999.

SILVA, Eugénio; CARVALHO, M. J. Educação em Angola e desigualdades de género: Quando a tradição cultural é factor de exclusão. X CONGRESSO INTERNACIONAL GALEGO. Anais... Universidade de Minho. 2009.

UCAN (Universidade Católica de Angola). Relatório de Angola. Centro de Estudo e Investigação Científica, junho, 2011.

UNESCO (United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization). Incheon Declaration - Education 2030: Towards inclusive and equitable quality education and lifelong learning for all. Incheon, Coreia: Unesco, UNICEF, Banco Mundial, FNUAP, PNUD, ONU Mulheres e ACNUR, 2015.

UNICEF (Fundo das Nações Unidas para a Infância). A criança em Angola - Uma análise multidimensional da pobreza infantil. Angola: Instituto Nacional de Estatística, UNICEF, 2018.

VILELAS, José. Investigação. O Processo de construção de conhecimento. Edições Silabo – Lisboa. 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.18227/2675-3294repi.v1i0.6505

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2020 Justino Cangue

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

Editora da Universidade Federal de Roraima

Av. Cap. Ene Garcez, 2.413 Aeroporto, Campus do Paricarana

CEP: 69.310-000. Boa Vista – RR – Brasil

http://ufrr.br/editora/index.php

e-mail: editora@ufrr.br / editoraufrr@gmail.com


Universidade Federal de Roraima - Programa de Pós-Graduação em Educação

http://ufrr.br/ppgeduc/  

ppgeduc@ufrr.br

 

Revista Educação, Pesquisa e Inclusão (REPI), Boa Vista, Roraima, Brasil

E-ISSN: 2675-3294       Prefixo DOI: 10.18227/2675-3294repi

https://revista.ufrr.br/repi

repi@ufrr.br