O que é Educação Midiática? Um campo de interação entre cinema e educação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18227/2675-3294repi.v1i0.6528

Palavras-chave:

Educação midiática, Mídia e educação, Cinema e educação, Tecnologia e educação

Resumo

O presente artigo discorre sobre as interfaces entre cinema, mídia e educação e tem como objetivo discutir tendências da educação midiática para a escola do século XXI. Considera-se o contexto da linguagem audiovisual e cinematográfica como componente central para a definição desse conceito. Elementos da mídia moderna, através do seu poder de persuasão, de maneira intencional ou não, contribui para o ensino e a formação do sujeito. A partir de uma abordagem qualitativa, realizou-se uma revisão integrativa da literatura, que se direcionou por questões sobre recepção dos conteúdos com o enfoque para o audiovisual, ressaltando que, o sujeito não é passivo diante do que acessa, mas que tais referências tendem a contribuir com o seu posicionamento político e ideológico. Versou-se também sobre os pressupostos históricos da experiência britânica que, colaboraram significativamente para a compreensão da Educação Midiática enquanto instrumento para formação plena do sujeito. Este estudo reforça a tese de que o elemento audiovisual é um produto de caráter extremamente educativo e, que, frente as mudanças sociais e tecnológicas, a disciplina de Educação Midiática no currículo escolar, se faz necessária para a escola. Nesse contexto, a mídia como um instrumento arrojado da cultura se torna um instrumento capaz de levar ao autoconhecimento e criar representações involuntárias que, como significação e parte da visão de mundo, pode orientar a ação do sujeito.


What is media education? The interface between cinema and education

The present research discourses about the interfaces between cinema, media and education and aims to discuss trends in media literacy for the school in the 21st century. The audiovisual and cinematographic language context has been considered a central component to define this concept. Elements of the modern media, through their persuasion power, whether intentionally or not, contribute to teaching and human development. Drawing from a qualitative approach, an integrative literature review was carried out, which was guided by questions about the reception of contents with a focus on audiovisual, emphasising that the subject is not passive in the face of what he accesses, but that such references tend to contribute to its political and ideological positioning. The research has also presented the theoretical assumptions of the British experience that collaborated significantly with the comprehension of Media Education as a tool for the human formation. This study reinforces the thesis that the audiovisual element is an extremely educational product and that, in the face of social and technological changes, the subject of Media Education in the school curriculum, is vital for school. In this context, the media as a bold instrument of culture becomes an instrument capable of leading to self-knowledge and creating involuntary representations that, as a meaning and part of the world view, can guide the people’s action.

Keywords: Media education; Media and Education; Cinema and education; Technology and education.


¿Qué es la educación en medios? Un campo de interacción entre cine y educación

La presente investigación, ubicada entre las interfaces de cine, medios y educación, tiene como objetivo discutir las tendencias en la educación en medios para la escuela del siglo XXI. El contexto del lenguaje audiovisual y cinematográfico se considera como una especificidad central para la definición de este concepto. Los elementos de los medios modernos, a través de su poder de persuasión, ya sea intencionalmente o no, contribuyen a la educación y capacitación del tema. Basado en un enfoque cualitativo, se llevó a cabo una revisión integral de la literatura, que se guio por preguntas sobre la recepción de contenido con un enfoque en el audiovisual, enfatizando que el sujeto no es pasivo frente a lo que accede, sino que tales referencias tienden para contribuir a su posicionamiento político e ideológico. También abordamos los supuestos históricos de la experiencia británica que, colaboraron significativamente para la comprensión de la Educación en Medios como un instrumento para la formación completa del tema. Este estudio refuerza la tesis de que el elemento audiovisual es un producto extremadamente educativo y que, ante los cambios sociales y tecnológicos, la disciplina de la Educación en Medios en el currículo escolar es necesaria para la escuela. En este contexto, los medios como un instrumento audaz de la cultura se convierten en un instrumento capaz de conducir al autoconocimiento y crear representaciones involuntarias que, como significado y parte de la visión del mundo, pueden guiar la acción del sujeto.

Palabras-clave: Educación mediática; La alfabetización mediática; Cine y educación; Tecnología y educación.


Biografia do Autor

José Leite dos Santos Neto, Universidade Federal de São Carlos

Pós-doutorando em Educação na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Doutor em Educação pela Universidade de São Paulo (USP), com período sanduíche no Instituto de Educação da Universidade de Reading, no Reino Unido. Graduado em Pedagogia e Mestre em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da UFSCar. Membro da Sociedade Brasileira de Estudos do Cinema e Audiovisual (SOCINE). Pesquisador do Grupo de Estudos e Pesquisas Sobre Educação do Campo - GEPEC/HISTEDBR.

Referências

BUCKINGHAM, David. A evolução da educação midiática no Reino Unido: Algumas liçoes da história. Comunicação e Educação, ano XXI, n. 1, p. 73-83, jan./jun. 2016. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/comueduc/article/view/110715/112710. Acesso: nov. 2016. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9125.v21i1p73-83

BUCKINGHAM, David. Digital Media Literacies: rethinking media education in the age of the Internet. Research in Comparative and International Education, v. 2, n. 1, p. 43-55, 2007. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/238449252_Digital_Media_Literacies_Rethinking_Media_Education_in_the_Age_of_the_Internet. Acesso: nov. 2017. DOI: https://doi.org/10.2304/rcie.2007.2.1.43

BUCKINGHAM, David. Media Educations: Literacy, learning and contemporary culture. Cambridge: Polity Press, 2003.

BURN, Adrew. DURRAN, James. What is Media Literacy? In: BURN, Andrew. DURRAN, James. Media Literacy in Schools: Practice, Production, Progression. London: Sage, 2007.

COELHO, Sônia Maria. A alfabetização na perspectiva histórico-cultural. Acervo digital da UNESP, 2011 Disponível em: https://acervodigital.unesp.br/bitstream/123456789/40139/1/01d16t04.pdf. Acesso: set. 2018.

ELIAS, Norbert. Introdução à Sociologia. Tradução: Maria Luísa Ribeiro Ferreira. 3ª. edição. Lisboa: Edições 70, 2008.

FANTIN, Mônica. Cinema e imaginário infantil: a medicação entre o visível e o invisível. Educação e Realidade, v. 34, n. 2, p. 205-223, maio/ago., 2009. Disponível em: https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/view/9357. Acesso: out. 2015.

HIGUCHI, Kazuko Kojima. Literatura, Comunicação e Educação: um romance em diálogo com a mídia. São Paulo: Cortez, 2008.

IBGE - INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. Perfil dos estados e dos municípios brasileiros: cultura - 2014. Coordenação de População e Indicadores Sociais. - Rio de Janeiro: 2015. Disponível em: https://biblioteca.ibge.gov.br/visualizacao/livros/liv95013.pdf. Acesso: set. 2016.

KAHIL, Samira Peduti. Meio Técnico-Científico informacional: Comunicação, Educação e Democratização Política. In: CONCEIÇÃO, Fernando (Org.) Educação Comunicação e Globalitarismo: a partir do pensamento de Milton Santos. Salvador - BA: Ed. EDUFBA, 2008.

KWON, Young-Sung; BYUN, Daniel H. An exploration of the concept of Transmedia Storytelling in the United States and South Korea: A systematic analysis. The International Journal of Multimedia & Its Applications (IJMA), v.8, n. 6, december 2016. Disponível em: https://papers.ssrn.com/sol3/papers.cfm?abstract_id=3595197. Acesso: jan. 2018.

MONTÓN, Angel Luís Hueso. O homem e o mundo midiático no princípio de um novo século. In: NÓVOA, Jorge; FRESSATO, Soleni Biscouto; FREIGELSON, Kristian (Org.). Cinematógrafo: um olhar sobre a história. Salvador: EDUFBA; São Paulo: Ed. da UNESP, 2009.

SAVIANI, Nereide. Saber escolar, currículo e didática: problemas da unidade conteúdo/método no processo pedagógico. Campinas, SP: Autores Associados, 2010.

SETTON, Maria da Graça. Mídia e Educação. São Paulo: Editora Contexto, 2011.

TOLENTINO, Célia Aparecida Ferreira. O rural no cinema brasileiro. São Paulo: Editora UNESP, 2001.

WILSON, Carolyn et. al. Alfabetização midiática e informacional: currículo para formação de professores. Brasília: UNESCO, UFTM, 2013.

Downloads

Publicado

14/08/2020