EFEITOS ANTRÓPICOS E SUAS IMPLICAÇÕES NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO CARAPÁ, COLÍDER –MATO GROSSO/BRASIL

Autores

  • Norma Aparecida de Oliveira Nobre
  • Cassiano Garcia Roque
  • Aumeri Carlos Bampi

Resumo

O trabalho objetivou conhecer o perfil socioeconômico, as principais formas de uso do solo e as alterações no ambiente
natural observadas na bacia hidrográfica do Rio Carapá, no município de Colider, Mato Grosso. Realizaram-se visitas in
loco e aplicação de questionário composto por nove questões abertas. Foram entrevistados 30 camponeses em 16
diferentes comunidades rurais. Para a delimitação da área de estudo foram utilizadas informações de bases cartográficas
com imagens de satélites LandSat (TM5), que refletem a situação da cobertura do solo e a interferência antrópica sobre
o sistema natural. Os resultados mostram que a região da bacia hidrográfica e entorno encontra-se com desflorestada e,
que para ampliar as áreas de pastagens as Áreas de Preservação Permanente – APP foram suprimidas. Aliados ao
problema da ausência da vegetação ciliar e das áreas que seriam reserva legal, o solo e os recursos hídricos estão
exposto a diferentes tipos de agentes de degradação. A rede de drenagem possui 234.849 km, sendo a densidade de
drenagem considerada baixa com 6,9 m.ha
-1
. O estudo evidenciou que a região foi colonizada na década de 70 por
migrantes vindos da região sul do país, pois há um percentual expressivo de famílias oriundas do Estado do Paraná, que
trouxeram em sua bagagem o modelo de produção de uso e ocupação do solo de suas localidades de origem.

Downloads

Publicado

01/07/2013