Sucessão de culturas e doses de nitrogênio no rendimento da melancia em condições edafoclimáticas de Savana

João Luiz Lopes Monteiro Neto, Nayrah de Deus Lima, Ignácio Lund Gabriel da Silva Carmo, Edgley Soares da Silva, Alexandre Prado Silva, Roberto Dantas de Medeiros

Resumo


A produção frutícola, em especial a da melancia, com uso de práticas que maximizam a produtividade, é um dos principais ramos agrícolas com expressivo potencial em áreas ainda não agricultadas. Assim, objetivou-se com esta pesquisa avaliar o efeito de sistemas alternativos de sucessão de culturas e doses de nitrogênio (N) no rendimento de frutos de melancia em condições edafoclimáticas da savana de Roraima. O delineamento utilizado foi em blocos casualizados, em esquema de parcelas subdivididas, com quatro repetições e sete plantas por unidade experimental. Testaram-se, nas parcelas, as culturas antecessoras à melancia: mucuna preta, feijão-caupi e vegetação espontânea; e nas subparcelas as doses de N, sendo: 0, 50, 100, 150, 200 e 250 kg ha-1. Para a cultura da melancia (cultivar Crimson Sweet), foram avaliados: o número de frutos por hectare, número de frutos menores que 6 kg, número de frutos entre 6 e 9 kg, número de frutos maiores que 9 kg, massa média de frutos e produtividade. Os sistemas formados pelas culturas antecessoras afetam o rendimento da cultura da melancia. A massa média dos frutos é favorecida pelas doses de N aplicadas apenas em sucessão ao feijão-caupi. A dose de 155,31 kg ha-1 de N proporciona o rendimento máximo de frutos de melancia nas condições edafoclimáticas da savana de Roraima.

Palavras-chave


Adubação. Amazônia setentrional. Estado de Roraima. Citrullus lanatus. Produtividade.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v10i4.3462

Direitos autorais 2017 REVISTA AGRO@MBIENTE ON-LINE

Revista Agroambiente On-line ISSN 1982-8470 (online), www.agroambiente.ufrr.br. E-mail: agroambiente@ufrr.br. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 3.0 Brasil.