Rendimento de grãos secos e componentes de produção de genótipos de feijão-caupi em cultivo irrigado e de sequeiro

Gheysa Coelho Silva, Ronilson Costa Magalhães, Adriano Calixto Sobreira, Robson Schmitz, Lêlisângela Carvalho da Silva

Resumo


Estudos realizados com feijão-caupi, Vigna unguiculata (L.) Walp., têm mostrado que é possível obter genótipos estáveis com adaptação ampla e bons níveis de produtividade, principalmente com o uso de irrigação. Neste trabalho, objetivou-se avaliar o desempenho de genótipos de feijão-caupi em cultivo irrigado e de sequeiro. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com 20 tratamentos e quatro repetições, sendo cada unidade experimental constituída por uma parcela de quatro linhas de 5 m espaçadas de 0,80 m. Avaliou-se comprimento, largura e número de grãos por vagem, massa de cem grãos e produtividade de grãos secos. Nos sistemas de cultivo irrigado e de sequeiro, as cultivares e linhagens apresentaram respostas diferenciadas com relação à produtividade de grãos secos. As linhagens MNC02- 701F-2 e MNC02-676F-1 foram as mais produtivas no sistema de cultivo irrigado, e as linhagens MNC03- 736F-2 e MNC02-675F-9-5 no sistema de sequeiro. As linhagens MNC02-675F-9-5 e MNC03-736F-2 e as cultivares BRS Xiquexique e BRS Gurguéia apresentaram produtividades semelhantes quando cultivadas em regime irrigado e de sequeiro. A interação no desempenho de genótipo de feijão-caupi em sistemas distintos (irrigado e sequeiro) sugere forte influência de fatores ambientais sobre os componentes de produção avaliados, tornando-os dependentes de variações ambientais e de manejo.

Palavras-chave


Produtividade de grãos. Interação. Vigna unguiculata (L.) Walp.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v10i4.3385

Direitos autorais 2017 REVISTA AGRO@MBIENTE ON-LINE

Revista Agroambiente On-line ISSN 1982-8470 (online), www.agroambiente.ufrr.br. E-mail: agroambiente@ufrr.br. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 3.0 Brasil.