A UTILIZAÇÃO DOS MÉTODOS DE MEDIÇÃO ACÚSTICO DOPPLER E FLUTUADOR COMO FERRAMENTA PARA MEDIÇÃO DE VAZÃO E VELOCIDADE EM CORPOS HÍDRICOS – NOTAS DE UMA EXPERIÊNCIA DE CAMPO

Thiago Oliveira dos Santos, Joecila Santos da Silva, Gisely Pereira de Souza Ventura, Gabriely da Silva e Silva, Larissa de Jesus Oliveira Vieira

Resumo


A presente comunicação visa abordar as atividades desenvolvidas durante um trabalho de campo realizado com alunos do Mestrado Profissional em Gestão e Regulação de Recursos Hídricos (PROFÁGUA) polo UEA. As atividades desenvolvidas foram: medição de vazão em corpos hídricos utilizando o método acústico doppler e flutuador. Os respectivos corpos hídricos em questão estão localizados no balneário do Miriti no município de Manacapuru e outro no Sítio Girassol, Igarapé do Acajituba, localizado no ramal Uga-Uga, Km 28 da rodovia AM-352 no município de Novo Airão. Nesta comunicação é abordada a forma de medição de vazão utilizando os dois métodos onde o método acústico doppler é testado em um corpo hídrico de maior extensão e o método flutuador em um de menor extensão. O presente trabalho descreve as principais características dos dois métodos (acústico doppler e flutuador) e suas aplicações.

Palavras-chave


Método; Vazão; Recursos hídricos; Acústico doppler; Flutuador.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5654/acta.v12i28.4856




INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

Geoscience e-Journals

Previous

Random

Next

List

ACTA GEOGRÁFICA
Revista do Curso de Geografia
Universidade Federal de Roraima (UFRR)
Telefone: +55 (95)3621-3162
E-mail: luiza.camara@ufrr.br
Boa Vista - Roraima - Brasil

Revista sob Licença Creative Commons