Biologia, morfologia floral e potencial ornamental de Cyrtopodium saintlegerianum (Orchidaceae)

Viviane Luiza Hunhoff, Celice Alexandre Silva, Lais Alves Lage, Willian Krause Krause, Ednamar Gabriela Palu

Resumo


Cyrtopodium saintlegerianum é uma das poucas epífitas no gênero e caracteriza-se por apresentar touceiras grandes e vistosas. Apresenta numerosas flores com sépalas amarelas maculadas de marrom e pétalas totalmente amarelas. O objetivo deste estudo foi avaliar os aspectos da biologia e morfologia floral de Cyrtopodium saintlegerianum visando estimar o potencial da sua utilização como planta ornamental. Na biologia floral foi analisado o período de floração, a longevidade de flores e inflorescência e senescência floral. A morfometria floral analisou o comprimento e diâmetro da inflorescência; tamanho da bráctea; número de hastes florais por inflorescência; comprimento das flores por haste floral; número de flores abertas por inflorescência/dia; número de flores por touceira e desenvolvimento dos frutos. C. saintlegerianum pode atingir até 1,40m de altura. A floração ocorreu durante os meses de Agosto a Outubro 2014. O número médio de flores produzidas entre as populações variou de 2650 a 8520. A deiscência das cápsulas ocorreu de 4-5 meses após a polinização natural. O comprimento (95,00 ± 1,22), diâmetro da inflorescência (20,00 ± 0,70), número de flores produzidas por inflorescência (800± 3,44) e a durabilidade das flores caracteriza C. saintlegerianum apta para o uso no paisagismo, flores de corte e composição de ambientes, além de contribuir para a preservação da flora local e evidenciar identidades regionais.

Palavras-chave


Floricultura. Espécie nativa. Ornamentação. Orquídea.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v10i4.3925

Direitos autorais 2017 REVISTA AGRO@MBIENTE ON-LINE

Revista Agroambiente On-line ISSN 1982-8470 (online), www.agroambiente.ufrr.br. E-mail: agroambiente@ufrr.br. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 3.0 Brasil.