Variabilidade espacial de atributos do solo indicadores de degradação ambiental em microbacia hidrográfica

Luis César de Aquino Lemos Filho, Larissa Luana Nicodemos Ferreira, Daniel Lima de Lyra

Resumo


O uso e a exploração além da capacidade de suporte e a ausência de práticas conservacionistas trazem consequências negativas para os solos, como impactos em suas propriedades físicas e químicas, acelerando o processo de degradação. Logo, o conhecimento da variabilidade espacial das propriedades do solo, como densidade e matéria orgânica, pode contribuir para o seu manejo adequado. Com isso, objetivou-se estudar a dependência espacial dessas duas variáveis, densidade e matéria orgânica do solo, por meio de técnicas da geoestatística. O trabalho foi realizado numa microbacia hidrográfica de cabeceira, no município de Andrelândia-MG. Foram selecionados 58 pontos, nos quais foram analisados os dois atributos nas camadas de 0-0,2 e 0,2-0,4 m de profundidade. Os resultados mostraram que a camada de 0-0,2 m apresenta-se menos compactada e com maior teor de matéria orgânica quando comparada com a camada de 0,2-0,4 m. O modelo do semivariograma que apresentou maior dependência espacial foi o exponencial. A densidade e a matéria orgânica do solo apresentaram dependência espacial, o que mostra a importância desses estudos para manejar adequadamente o solo, visto que a krigagem mostrou ser uma relevante ferramenta no conhecimento da dinâmica espacial da densidade do solo e da matéria orgânica na microbacia, podendo ser utilizada na tomada de decisão, tanto para a conservação quanto para a manutenção da qualidade dos recursos naturais.

Palavras-chave


Densidade do solo. Geoestatística. Matéria orgânica.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v11i1.3413

Direitos autorais 2017 REVISTA AGRO@MBIENTE ON-LINE

Revista Agroambiente On-line ISSN 1982-8470 (online), www.agroambiente.ufrr.br. E-mail: agroambiente@ufrr.br. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 3.0 Brasil.