Notícias

Revista de Administração de Roraima foi indexada por Biblat - Bibliografía Latinoamericaba en revistas de investigación científica y social

 
Informamos que a Revista de Administração de Roraima foi indexada por Biblat - Bibliografía Latinoamericaba en revistas de investigación científica y social (UNAM, México). Biblat é uma base especializada em revistas científicas e acadêmicas publicadas na América Latina e no Caribe. Acesse em:http://biblat.unam.mx/pt/buscar/revista-de-administracao-de-roraima  
Publicado: 2017-04-18
 

Novo Qualis 2015 – B3

 
É com muita satisfação que comunicamos que, em a avaliação na plataforma Qualis CAPES - 2015, a Revista de Administração Roraima recebeu a pontuação B3 na área de Planejamento Urbano e Regional/Demografia, B4 na área de Ensino, C na área de Economia e C na área de Serviço Social.
Agradecemos a toda comunidade RARR, equipe editorial e conselho científico, avaliadores, autores, leitores, por confiarem em nosso trabalho.
Favor divulgar entre os seus contatos.
Com os melhores cumprimentos a todos,
Emerson Clayton Arantes
Editor Chefe da Revista de Administração de Roraima
 
Publicado: 2017-02-03
 

RMR- RORAIMA MANAGEMENT REVIEW

 
A RARR- Revista de Administração Roraima, informa que criamos também um nome em Inglês para melhor internacionalização da Revista: - RMR- RORAIMA MANAGEMENT REVIEW que está sempre abaixo da marca da RARR em Português.  
Publicado: 2017-02-02
 

Revista de Administração de Roraima é aprovada no indexador internacional ProQuest

 
Revista de Administração de Roraima foi aprovada para indexação do acervo completo da base internacional de dados acadêmicas mais populares da ProQuest, a ProQuest ABI/INFORM®, que são difundidas à pesquisadores acadêmicos no mundo inteiro.

Trata-se de uma excelente reconhecimento para aumentar a visibilidade do periódico de Administração ao lado de outras publicações de renome que já constam nestas bases de dados, como a Brazilian Business Review da FUCAPE, a Economia Aplicada (USP), a Revista de Administração (USP), a Revista Brasileira de Finanças (UFRJ), a Revista de Administração Contemporânea (ANPAD) dentre outras.

Este reconhecimento valoriza a internacionalização da RARR passando a ter padrão internacional, ampliando a visibilidade e produção aos leitores e autores estrangeiros.

Acessar link: http://tls.proquest.com/tls/jsp/list/ListHTML.jsp?start=3000&productID=343&productName=ABI%2FINFORM+Global&IDString=343&format=formatHTML&issn=issn&prflag=prflag&cit=cit&abs=abs&pmid=pmid&combined=combined
 
Publicado: 2016-12-20
 

Ranking - Qualis

 
Esclarecimentos referentes à atualização do Qualis Periódicos 2013-2014



Conforme explicado no Ofício Circular nº 23/2015 – DAV/CAPES, de 05 de outubro passado, constatou-se que algumas revistas não foram relacionadas nesta primeira atualização do Qualis do quadriênio. Este problema ocorreu devido a uma inconsistência no sistema, que não incluiu toda a base de periódicos declarados no módulo Coleta em 2013 e 2014.

Informamos ainda que os pontos a serem corrigidos no sistema já foram identificados para que na próxima atualização do Qualis, prevista para ocorrer em 2016 (já considerando os periódicos declarados no módulo Coleta em 2015 e as atualizações dos dados de 2013 e 2014), os periódicos não relacionados neste primeiro momento passem a constar na base de periódicos do Qualis.

Para maiores informações, favor consultar a integra do citado ofício, disponível no site: http://capes.gov.br/component/content/article/36-salaimprensa/noticias/7693-esclarecimento-qualis-periodicos
 
Publicado: 2016-05-31
 

Fator de impacto - 2016

 
A RARR ficou em 10º lugar no fator de impacto - 2016 JOURNAL QUALITY FACTOR REPORTS
http://qualityfactor.org/
 
Publicado: 2016-04-29
 

Editage disponibiliza serviços para reduzir riscos de violação ética na produção de artigos científicos

 
Com processos sistemáticos, apoia autores, universidades e periódicos na redução do risco de duplicação ou redundância, inadequação ética e até mesmo plágio, ampliando as oportunidades de sucesso na publicação de trabalhos científicos

Pesquisa mundial realizada nas bases SciELO e LILACS, aponta o plágio como a causa mais comum na retração do número de publicações brasileiras, sendo responsável por 46% dos casos, boa parte deles acidental

São Paulo, 13 abril de 2016 – A Editage, empresa de comunicação científica, está oferecendo no Brasil serviços que apoiam pesquisadores, universidades e periódicos a identificarem possíveis casos de violação ética em trabalhos científicos. O objetivo é mitigar riscos principalmente para os autores, identificando potencial de plágio, falha ética, duplicação ou redundância e garantindo a correção de problemas antes da entrega ou publicação do trabalho. A Editage é membro do Committee on Publication Ethics – COPE que reúne mais de 10 mil membros em todo o mundo, entre editores de periódicos, cientistas e interessados em ética no campo da pesquisa.

De acordo com estudo realizado, com dados de 2009 a 2012, junto às duas principais bases de dados científicas da América Latina e Caribe: Scientific Electronic Library Online (SciELO) e Latin American and Caribbean Center on Health Sciences Information (LILACS), o plágio é a causa mais comum atribuída à retração no número de publicações brasileiras, sendo responsável por 46% dos casos. Também é sabido que a maioria das ocorrências de violação ética é classificada como acidental e está relacionada às pressões as quais os autores são submetidos diariamente para conclusão dos trabalhos, ou ainda, por falta de informação ou treino profissional no tema.

“Como os primeiros a examinar os artigos, até mesmo antes dos editores de periódicos, atuamos como consultores de confiança para milhares de pesquisadores, especialmente aqueles em início de carreira que não estão familiarizados com obstáculos para a publicação acadêmica ética. Sempre que identificamos algum aspecto suspeito chamamos a atenção dos autores e sugerimos as medidas corretivas a serem tomadas”, ressalta Abhishek Goel- Fundador & Chief Customer Officer da Editage.

Os serviços da Editage visam responder a esses desafios, baseando-se em sua vasta experiência em revisão e t de manuscritos por meio da aplicação de processos sistêmicos. A empresa de comunicação científica tem auxiliado em casos relacionados à violação, que vão desde a fabricação de dados e manipulação de imagens, suspeitas de duplicidade de informação, até falta de documentação comprovatória de consentimento de pacientes ou voluntários, em casos que envolvem experimentação humana.

A Editage realiza regularmente campanhas de conscientização, conduz programas educativos/treinamentos e dissemina material gratuito para orientar autores acadêmicos e editores de todo o mundo quanto aos aspectos relacionados à ética na pesquisa acadêmica. Inclusive, a mais atual delas está disponível https://www.editage.com/pledge-to-publish-ethically/. Para mais informações http://www.editage.com.br/process/ethics.html.

Sobre a Editage

Criada em abril de 2002 com o objetivo de acelerar a comunicação científica global, a Editage é uma divisão da Cactus Communications. Seus serviços e programas educacionais já apoiaram mais de 140 mil autores em 154 países no processo de publicação em periódicos de alta qualidade. Dispõe de uma das maiores equipes de editores trabalhando em tempo integral, mais de 1400 editores com inglês como língua nativa e experts em publicação em mais de 1200 áreas do conhecimento, responsáveis pela tradução e revisão de mais 560 mil artigos. A Editage prioriza a alta qualidade de serviços e é parceira de renomadas editoras do mercado da publicação.

A Editage, em comparação com as empresas de seu segmento em todo o mundo, tem o maior número de editores certificados pela BELS (Board of Editors in the Life Sciences) e CMPP (Certified Medical Publication Professional), além disso, conta com Sistemas certificados pelo ISO/IEC 27001:2013, que garante a segurança dos manuscritos. Por meio do Editage Insights, portal de educação, promove consistentes webinários e workshops, pelos quais já passaram mais de sete mil autores. Membro de organizações como o Committee on Publication Ethics (COPE), defende as práticas de publicação ética.

A Editage tem escritórios nos Estados Unidos, Índia, Japão, China, Singapura e Coreia do Sul e representantes locais no Brasil, em Taiwan e na Turquia.
Informações para a imprensa:

EPR Comunicação Corporativa

(11) 3815-2910 – www.epr.com.br

Edna De Divitiis – edna.d@epr.com.br

Samanta Coelho – samanta@epr.com.br

Fernanda Mendes – fernanda@epr.com.br

fonte:http://www.abecbrasil.org.br/novo/2016/04/19/editage-disponibiliza-servicos-para-reduzir-riscos-de-violacao-etica-na-producao-de-artigos-cientificos/
 
Publicado: 2016-04-29
 

CrossCheck

 
O convênio da ABEC Brasil com o iThenticate expirou em 2 de fevereiro de 2016 e em substituição estamos oferecendo o sistema CrossCheck, que apresenta maiores benefícios aos usuários:

O CrossCheck possibilita acesso ao sistema iThenticate com pagamento apenas dos créditos utilizados durante o período de 1 ano (não é pré-pago) e com custo inferior.

O pagamento será realizado em reais, no Brasil (para a ABEC), por meio de boleto bancário ou Nota de Empenho, ao custo de 0,75 centavos de dólar por crédito utilizado. Será utilizada a taxa de conversão para reais vigente no momento do pagamento da fatura, em março de 2017.

Este convênio é exclusivo para os membros que já são representados pela ABEC no CrossRef. Os periódicos que utilizam prefixos de DOIs de editoras comerciais ou de bases indexadoras (ex.: SciELO) não podem aderir ao convênio.

Se você ainda não é um membro representado pela ABEC e quer aderir ao convênio com o CrossCheck, solicite primeiramente o seu prefixo DOI através do acordo Represented Member Agreement, feito pela ABEC/CrossRef/IBICT (saiba mais sobre este acordo em www.abecbrasil.org.br > Serviços > DOI). Após assinatura deste termo, você poderá solicitar a adesão ao CrossCheck.

A adesão ao sistema é simples e sem cobrança de taxas. Basta enviar um email para Bruna Erlandsson (convenios@abecbrasil.org.br) com os dados:

Título do e-mail: CrossCheck

Dados no corpo do e-mail:

Institution: (Instituição que abriga a revista)

DOI prefix: (Prefixo de DOI)

Title: (Nome do periódico)

URL: (Endereço eletrônico do periódico)

OJS user?: (Utiliza o OJS SEER?)

Admin forename: (Primeiro nome do administrador da conta a ser criada)

Admin surname: (Sobrenome do administrador da conta)

E-mail address: (E-mail que será utilizado para logar no sistema de detecção de plágio)

O prazo para ativação de cada conta é de até 20 dias úteis.

Nota: Quando os usuário atingirem conjuntamente a marca de 2.000 créditos, o valor para cada crédito baixará para 0,65 centavos de dólar, representando uma vantagem adicional aos usuários.

fonte:http://www.abecbrasil.org.br/novo/2016/02/15/crosscheck/
 
Publicado: 2016-04-29
 

JOURNAL OF MANAGEMENT OF RORAIMA RECEBE INDEXAÇÃO CABELL PUBLISHING, INC

 
A Journal of Management of Roraima – agora faz parte do indexador internacional Cabell Publishing, Inc., um dos recomendados do cenário acadêmico. Agora todo o acervo da revista pode ser encontrado neste diretório de publicações.
Atualmente, a Cabell Publishing, Inc. tem mais de 5.200 revistas indexadas abrangendo onze disciplinas. De acordo com a equipe editorial da Cabell Publishing, Inc, a iniciativa reforça a imagem e aumenta a exposição do periódico aos pesquisadores de todo o mundo.
Mais 900 universidades de todo o mundo usam o diretório Cabell como um indicador de revistas científicas. Além disso, as agências de acreditação, de promoção, comitês e administradores acadêmicos usam esta base como fonte de informações para avaliar os registros de publicações dos pesquisadores.
 
Publicado: 2016-04-19
 

Revista de Administração de Roraima -RARR é indexada a ERIH-PLUS

 
Em 30 de outubro de 2015, a revista de Administração de Roraima-RARR foi aprovada e indexada na ERIH PLUS (European Reference Index for the Humanities and Social Sciences):

https://dbh.nsd.uib.no/publiseringskanaler/erihplus/periodical/info.action?id=486146

O sistema de validação faz parte do sistema de avaliação do Qualis-periódico da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal (Capes) e serve para os critérios estratos de qualidade que é validado pelo sistema de indexação de periódicos internacional (ISI/Scopus e outras bases internacionais, incluindo a base ERIH PLUS) e Ibero-americano (Scielo).

O Índice Europeu de Referência para as Humanidades e Ciências Sociais (ERIH PLUS) é um banco de dados que foi criado e desenvolvido por pesquisadores europeus, sob a coordenação do Comitê Permanente para as Humanidades (SCH), da Fundação Europeia da Ciência (FSE). As listas ERIH-PLUS, que inicialmente cobriam apenas disciplinas de humanidades, foram publicadas pela primeira vez pelo FSE em 2008, enquanto as listas de revistas foram disponibilizadas em 2011 e 2012. O índice de referência a NSD é chamado ERIH PLUS, a fim de indicar que ele foi estendido para incluir as ciências sociais. Todas as revistas incluídas na ERIH PLUS têm de cumprir as normas para revistas acadêmicas definidas pelo SCH.

O principal objetivo do ERIH PLUS tem sido melhorar a visibilidade global de pesquisa de alta qualidade na área de humanas publicados em revistas acadêmicas em várias línguas europeias de toda a Europa. O índice permite aos pesquisadores melhor compreender e promover a importância nacional e internacional de suas pesquisas.
 
Publicado: 2015-10-30
 

ORCID: Passo a passo

 
ORCID (Open Researcher and Contributor ID) é um identificador digital persistente para o autor. ORCID está para o autor assim como o DOI está para um documento digital. ORCID é um código alfanumérico de 16 caracteres, lançado em outubro/2012. Tem a finalidade de diferenciar um autor de qualquer outro, ainda que tenha homônimo ou que tenha publicado, sido citado e/ou indexado de formas variadas. Identifica um único autor fazendo conexão automática com toda sua produção científica, onde quer que tenha sido publicada. O cadastro para obtenção do ORCID é gratuito e poderá ser feito individualmente ou pela instituição. É um código interoperável com outros sistemas ID, o que quer dizer que permite importação/exportação de dados com o ResearcherID, sistema proprietário da Thomson Reuters, por exemplo.

Leia mais

fonte: http://www.abecbrasil.org.br/index.asp?include=noticias_newsletter&id=8&Parte=3
 
Publicado: 2015-10-21
 

Todos os artigos da RARR têm número D.O.I.

 
Todos os artigos da Revista de Administração de Roraima-RARR possuem D.O.I., desse modo, os autores de números anteriores ou que ainda não tenham atualizado seus currículos Lattes inserindo o d.o.i. podem fazê-lo, acessando o artigo na revista e tomando conhecimento do seu respectivo número para atualização do Lattes.Todas as edições possuem antes de cada artigo em pdf, uma página html contendo além do d.o.i. o resumo, palavras-chave, abstract e keywords.  
Publicado: 2015-07-16
 

DOI da Revista de Administração de Roraima (10.18227/2237-8057)

 
Caros autores e leitores,

É com prazer que informamos que a Revista de Administração de Roraima comemora a conquista do seu número DOI - Digital Object Identifier (10.18227/2237-8057), junto à CrossRef através do convênio UFRR/ABEC/IBICT/PILA.
 
Publicado: 2015-07-15
 

Motivação aos Pareceristas

 
Apesar de ser um atividade voluntária ela é uma atividade a ser registrada no Lattes.
Cara parecerista além de incluir-se como "revisor de periódico" da Revista RARR no CVLattes, cada parecer emitido pode e deve ser lançado como trabalho técnico no CV Lattes. Como comprovante, além do email ao final da avaliação completa do artigo (gerada pelo nosso sistema), a RARR emite uma lista de pareceristas ao final do ano em seu site.
 
Publicado: 2015-02-25