Rentismo e Crise

João Carlos Jarochinski, Vítor Plácido dos Santos Peres

Resumo


A crise que hoje atormenta a Venezuela
repercute no intenso deslocamento
forçado de pessoas que se testemunha e
em um Estado que implode. Porém, tão
importante quanto avaliar as repercussões
da crise é identificar as causas estruturais
da mesma. Com este intuito, neste artigo
abordaremos a interface entre rentismo
e crise na Venezuela, com o objetivo de
contribuir para um esforço de compreensão
mais longitudinal, capaz de contemplar as
continuidades e rupturas concernentes ao
funcionamento do Estado e da economia
venezuelanos contidas no quadro da crise
atual, por meio de uma análise pautada na
revisão bibliográfica das produções que
discutem a história venezuelana. Para isso
percorremos três momentos distintos da
história venezuelana: a ascensão e queda
do pacto de Punto Fijo; a Venezuela sob
Chávez; e a Venezuela pós-Chávez. Ao
final, argumentamos que a crise atual tratase
de uma crise oriunda das tecnologias
rentistas não superadas pelo projeto
bolivarianista.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18227/2217-1448ted.v1i34.6964



SEER periodicos latindex   webqualis
Editora
Cabeçalho da página  
Revista de Ciências Humanas da Universidade Federal de Roraima
Centro de Ciências Humanas
Boa Vista - Roraima - Brasil