A IMIGRAÇÃO ESTUDANTIL EM REGIÕES DE FRONTEIRA: AS EXPERIÊNCIAS CONTEMPORÂNEAS DE FOZ DO IGUAÇU - PR E BOA VISTA – RR

Pedro Marcelo Staevie

Resumo


O presente artigo pretende discutir o papel das migrações estudantis na dinâmica migratória atual nas cidades de Foz do Iguaçu – PR e Boa Vista – RR. Partindo dos casos da Universidade Federal da Integração Latino-americana (Unila), em Foz do Iguaçu e de entrevistas realizadas com gaúchos que chegaram em Boa Vista entre 2000 e 2012, busca-se discutir a importância do ensino superior no “chamamento” de imigrantes (estudantes) para estas duas cidades. Duas cidades que experimentaram nas últimas décadas um intenso fluxo imigratório, atualmente contam com um novo elemento nesta dinâmica, a migração de estudantes para cursarem cursos de nível superior de ensino.

Palavras-chave


Migrações estudantis; UNILA; Foz de Iguaçu

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18227/2217-1448ted.v2i27.3218



SEER periodicos latindex   webqualis
Editora
Cabeçalho da página  
Revista de Ciências Humanas da Universidade Federal de Roraima
Centro de Ciências Humanas
Boa Vista - Roraima - Brasil