A ecologia SoundSphere desde um viés culinário: Atividades criativas em um restaurante universitário

Brendah Freitas, Willian Ramon Barbosa Bessa, David da Costa, Paulo Weinberger Maciel Melo de Nazaré, Damián Keller

Resumo


Foi realizado um estudo envolvendo atividades musicais criativas e utilizando como suporte a ecologia baseada na metáfora para a ação criativa,  SoundSphere. A ferramenta SoundSphere v. 1.4 foi empregada por 19 participantes casuais em um ambiente cotidiano, realizando mixagens com três tipos de amostras sonoras: sons instrumentais não processados, sons biofônicos e sons instrumentais processados. Os colaboradores, estudantes universitários leigos em música formal, fizeram sessões criativas no restaurante universitário. O trabalho tem como objetivo introduzir uma nova estratégia de design, exemplificada na ferramenta TOE, que permite a transferência de conhecimento entre usuários proficientes e participantes leigos através do uso de descritores semânticos para o processamento de áudio. 

Palavras-chave


Música Ubíqua; SoundSphere; Ecologia; Operadores semântico-timbrísticos.

Texto completo:

PDF

Referências


Abreu, L. (2017). Typescript: O Javascript moderno para criação de aplicações. São Paulo, SP: FCA.

Bessa, W. R. B., Keller, D., Farias, F. M., Ferreira, E., Pinheiro da Silva, F. & Pereira, V. S. (2015). SoundSphere v.1.0: Documentação e análise dos primeiros testes. In F. Z. Oliveira, D. Keller, J. T. de Souza Mendes da Silva & G. F. Benetti (eds.), Anais do Simpósio Internacional de Música na Amazônia (SIMA 2015). Porto Velho, RO: UNIR. https://soundsphere.com.br/beta

Beethoven, Ludwig Van (1810). Fur Elise [Obra para piano]. Leipzig: Breitkopf und Härtel.

Beethoven, Ludwig Van (1801). Moonlight [Sonata Op. 27, n. 2]. Leipzig: Breitkopf und Härtel.

Freitas, B., Martins, A. J., Bessa, W. R. B., Keller, D. (2018). Causas da fixação criativa: viés cognitivo ou recurso tecnológico? Um estudo utilizando o ambiente musical ubíquo SoundSphere. In Anais do XXVII Seminário de Iniciação Científica da UFAC. Rio Branco, AC: UFAC.

Keller, D. (2018). Challenges for a second decade of ubimus research: Knowledge transfer in ubimus activities. Musica Hodie 18 (1), 148–165. (Doi: 10.5216/mh.v18i1.53578.)

Keller, D. & Lazzarini, V. (2015). Special Issue on Creativity-Centered Design and the Digital Arts. Journal of Cases in Information Technology (17), i-v.

Keller, D., Lazzarini, V. & Pimenta, M. S. (eds.) (2014). Ubiquitous Music. Heidelberg and Berlin: Springer.

Keller, D. & Lima, M. H. (2018). Aplicações em Música Ubíqua, Vol. 7. São Paulo, SP: Editora ANPPOM. (ISBN: 978-85-63046-08-6.)

Keller, D., Pinheiro da Silva, F., Ferreira E., Barros, A. E. B., Lazzarini, V. & Pimenta, M. S. (2013). Design centrado em criatividade para música ubíqua: Marcação espacial. In D. Keller & M. A. Scarpellini (eds.), Anais do II Simpósio Internacional de Música na Amazônia (SIMA 2013). Rio Branco, AC: EDUFAC.

Keller, D., Pinheiro da Silva, F., Giorni, B., Pimenta, M. S. & Queiroz, M. (2011). Marcação espacial: estudo exploratório. In L. Costalonga, M. S. Pimenta, M. Queiroz, J. Manzolli, M. Gimenes, D. Keller & R. R. Farias (eds.), Proceedings of the 13th Brazilian Symposium on Computer Music (SBCM 2011). Vitória, ES: SBC.

Martins, Arthur José (2017). Decadente [Obra musical inédita]. Rio Branco, AC.

Mazzoni, D. & Dannenberg, R. (2000). Audacity [Editor de áudio]. https://www.audacityteam.org/

Pereira, V. S., Silva, S. L., Bessa, W. R. B., Alcântara-silva, R. T., Keller, D. (2018). SoundSphere: O design participativo como estratégia para o desenvolvimento de tecnologias sustentáveis em música ubíqua. Sonic Ideas 10 (7).

Pimenta, M. S., Keller, D., Flores, L. V., Lima, M. H. & Lazzarini, V. (2014). Methods in creativity-centred design for ubiquitous musical activities. In D. Keller, V. Lazzarini & M. S. Pimenta (eds.), Ubiquitous Music (pp. 25-48). Berlin and Heidelberg: Springer International Publishing. (ISBN: 978-3-319-11152-0.)

Pinheiro da Silva, F., Keller, D., Ferreira, E., Pimenta, M. S. & Lazzarini, V. (2013). Criatividade musical cotidiana: Estudo exploratório de atividades musicais ubíquas. Música Hodie 13, 64-79.

Schubert, Franz (1825). Ave Maria [Obra para voz e piano]. Leipzig: C.F. Peters.

Seetharaman, P. & Pardo, B. (2016). Audealize: Crowdsourced Audio Production Tools. Journal of the Audio Engineering Society 64 (9), 683-695. https://interactiveaudiolab.github.io/audealize_api/

Smus, B. (2013). Web Audio API: Advanced Sound for Games and Interactive Apps. Sebastopol, CA: O´Reilly Media.

Stables, R., Enderby, S., Man, B. D., Fazekas, G. & Reiss, J. D. (2014). SAFE: A system for the extraction and retrieval of semantic audio descriptors. In Proceedings of the 15th International Society for Music Information Retrieval Conference (ISMIR 2014). Taipei, Taiwan: ISMIR.

Stasis, S., Hockman, J. & Stables, R. (2017). Navigating descriptive sub-representations of musical timbre. In Proceedings of the Conference on New Instruments for Musical Expression (NIME 2017) (pp. 56-61). Copenhagen, Denmark: Aalborg University.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.