Otimização experimental do desempenho térmico de uma edificação residencial

Mariana Tonini de Araujo, Suéllen Tonatto Ferrazzo

Resumo


Este trabalho apresenta a otimização experimental do desempenho térmico de uma edificação. O design experimental 2k contemplou cinco fatores controláveis, absortância, condutividade térmica, taxa de ventilação, número de moradores e equipamentos; e quatro variáveis de resposta, temperatura do ar no verão e inverno e umidade relativa do ar no verão e inverno. A metodologia baseou-se em uma simulação computacional. Objetivou-se avaliar a influência dos fatores controláveis e interações na variável de resposta. A taxa de ventilação foi a que mais influenciou a temperatura no verão e inverno e a umidade do ar no inverno, enquanto a umidade do ar no verão foi afetada principalmente pelo número de equipamento e absortância.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista sob Licença Creative Commons