Análise da Capacidade de Carga de Fundações Superficiais por Diferentes Metodologias

Carla Beatriz Costa de Araújo, Jane Kathleen Pereira Gomes, Thiago Moura da Costa Ayres

Resumo


Este artigo tem como objetivo comparar diferentes métodos de estimativa de capacidade de carga com o resultado do ensaio de placa para um perfil de solo, localizado no Eusébio, Região Metropolitana de Fortaleza. Foram utilizados métodos semi-empíricos, método de Terzaghi (1943), método de Vésic (1974), além dos resultados obtidos pelo ensaio de placa. Comparando a tensão admissível entre o método semi-empírico e o ensaio de prova de carga foi observado que os valores obtidos em campo apresentam uma tensão admissível de 140 kPa, enquanto que no ensaio de prova de carga a tensão admissível foi de 300 kPa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista sob Licença Creative Commons