PEDOLOGIA BRASILEIRA NA ANTÁRTICA: A PESQUISA DE SOLOS AFETADOS POR PERMAFROST NO CENÁRIO DO AQUECIMENTO GLOBAL

Thiago Torres Costa Pereira, Carlos Ernesto G. R. Schaefer, Rafael de Ávila Rodrigues, Leandro de Souza Pinheiro

Resumo


A Antártica representa um ambiente peculiar para formação de solos e estudo de muitos de seus processos,
sendo que alguns dos quais possuem características atípicas. Solos afetados por permafrost são encontrados
nas regiões árticas e subárticas, em altas montanhas e nas regiões livres de gelo da Antártica, e abrangem
cerca de 13 % da cobertura terrestre. Atualmente, é inegável a influência do permafrost sobre os recursos
hídricos, propriedades do solo, e desenvolvimento de vegetação. Além destes, uma série de questões estão
relacionadas às mudanças no balanço de carbono, em reflexo à degradação do permafrost pelo aumento de
temperatura. As quatro maiores regiões da Criosferano mundo são: Antártica, Oceano Ártico, as neves extrapolares e os ambientes montanhosos bastante frios. Mudanças na Criosferaem resposta ao aquecimento global
são prováveis de serem observadas inicialmente em zonas de transição, em torno das extremidades de geleiras
e camadas de gelo, e em áreas de permafrost, ambientes que em contrapartida, influenciam, mesmo que
indiretamente, todas as superfícies da Terra. O debate sobre a possibilidade da ocorrência de aumento da
temperatura global causado pelos gases do efeito estufa despertou atenção de pesquisadores sobre o estado de
equilíbrio das grandes massas de gelo e permafrost presentes na Antártica. Outros fatores importantes
envolvem as interações que influenciam diretamente as relações tróficas e rotas de transferência de matéria e
energia entre o oceano e as áreas costeiras na Antártica. Nestes locais, existe grande aporte de materiais
orgânicos depositados por aves, com destaque para os pinguins, sendo a incorporação destes materiais
orgânicos à matriz mineral do solo a principal influência na caracterização dos solos ornitogênicos. Diante
destes fatos, foram iniciados em 2002 os estudos pedológicos pelo então Projeto Criossolos, atual Núcleo
Terrantar. Os trabalhos do Terrantar, que começaram na Baía do Almirantado - Ilha Rei George, foram se
expandindo ao longo das Ilhas Shetlands do Sul e Península Antártica, sendo Hope Bay, no extremo norte da
Península, o primeiro trabalho efetivamente realizado no continente antártico pelo referido Núcleo. Diversos
trabalhos foram produzidos, com destaque para as características morfológicas, físicas, químicas,
minaralógicas e micromorfológicas dos solos, além de mapeamentos, em trabalhos típicos de pedologia e
levantamentos de solos, apresentados nesta revisão.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18227/1678-7226rga.v8i1.2980

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2015 REVISTA GEOGRÁFICA ACADÊMICA



 


 

Indexadores: CrossrefSumários.org; Periódicos CapesAGORA (Access to Global Online Reasearch  in Agriculture - FAO)Geoscience e-Journals; EBSCO PublishingGenamics JournalSeekGeoRef  database; GALE Cengage LearnigLATINDEX; CGP - American Geographical Society Library; DOAJ - Directory of Open Access Journals; Ocean Technology, Policy and Non-Living Resources (ASFA 2); Meteorological and Geoastrophysical Abstracts; Water Resources Abstract; ICAAP - Journal Database; SJSU - Electronic Journals Index;  Open J-Gate; Portal do SEER; Eletronic Journals Library; e -Periodicos (Sistema de Bibliotecas da Unicamp)  

 

A RGA também disponibiliza seus artigos na plataforma academica.edu disponível em: http://ggf.academia.edu/rga

 

Google Page Rank

PRchecker.info

 



 

Previous

Random

Next

List


Creative Commons License
Revista Geografica Academica by Geografica Academica is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License.
Based on a work at www.rga.ggf.br.
Permissions beyond the scope of this license may be available at http://www.rga.ggf.br

Periódico científico editado pelo Laboratório de Métricas da Paisagem - MEPA / Dep. de Geografia da Universidade Federal de Roraima - UFRR.

Contato: geograficaacademica@gmail.com

Universidade Federal de Roraima

Laboratório de Métricas da Paisagem

Dep.Geografia

Campus Paricarana

Av. Cap. Ene Garcez, 2413

CEP: 69310-000

Boa Vista, Roraima

Telefone: 95 - 3621 3114