Gessagem na cultura da soja no sistema de plantio direto com e sem adubação potássica.

Leandro Rosatto Moda, Bernardo Melo Montes Nogueira Borges, Rilner Alves Flores, Carlos Leandro Rodrigues dos Santos, Renato de Mello Prado, Júnior Inácio de Sousa

Resumo


O gesso agrícola pode ser utilizado como fonte de enxofre, desta forma, melhorando a nutrição e promovendo ganhos na produtividade da cultura da soja em sistema de plantio direto. Objetivou-se com este trabalho avaliar os efeitos do enxofre (S) aplicados na forma de gesso agrícola na cultura da soja em sistema de plantio direto com e sem adubação potássica. O experimento foi conduzido no município de Guairá-SP em solo da classe LATOSSOLO VERMELHO Eutrófico. O delineamento experimental utilizado foi o de blocos ao acaso, em esquema fatorial 2 x 5, com quatro repetições. Os tratamentos foram obtidos pela combinação de dois níveis de K (0 e 60 kg ha-1 de K2O), fonte cloreto de potássio; e cinco doses de enxofre (0, 30, 60, 90 e 120 kg ha-1 de S), fonte gesso agrícola. Foram avaliados os teores foliares de potássio, cálcio e enxofre, além da produção de grãos e o teor de óleo presente nos grãos. O enxofre aplicado no solo melhora o estado nutricional da cultura da soja aumentando os teores de potássio, cálcio e enxofre, sem influenciar a produtividade de grãos, independente da adubação potássica. A aplicação de enxofre no solo aumenta o teor de óleo nos grãos da soja com ou sem adubação potássica.

Palavras-chave


Enxofre. Nutrição de plantas. Sistema conservacionista.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v7i2.948

Direitos autorais

Revista Agroambiente On-line ISSN 1982-8470 (online), www.agroambiente.ufrr.br. E-mail: agroambiente@ufrr.br. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 3.0 Brasil.