Análise química e bacteriológica da água de irrigação utilizada na Comunidade Agrícola Nova Esperança, Manaus - AM.

Katiuscia dos Santos de Souza, Mauro Célio da Silveira Pio, Genilson Pereira Santana

Resumo


A avaliação da qualidade da água utilizada para a irrigação o meio agrícola é relevante tanto para o meio ambiente, quanto para a saúde humana. O uso contínuo de água contaminada acarreta poluição ao solo e às culturas cultivadas, transmitindo doenças por meio do consumo de hortaliças contaminadas. Desse modo, objetivou-se com esse trabalho avaliar a qualidade da água de irrigação de três corpos hídricos: poço, cacimba e igarapé, utilizada na Comunidade Agrícola Nova Esperança, localizada entre uma área urbana periférica e uma floresta nativa na cidade de Manaus – AM. Foram avaliados os metais potencialmente tóxicos (MPT): Cd, Cu, Co, Fe, Ni, Mn, Pb e Zn, utilizando espectrometria de absorção atômica por chama e medidas bacteriológicas (coliformes totais e fecais) pelo método de membrana filtrante. Os resultados indicam altos índices de coliformes totais e fecais, 89,3% nas amostras de água coletadas nos três corpos hídricos: poço, cacimba e igarapé da área de
estudo, assim como elevados níveis de MPT, com destaque para Cd e Pb extremamente tóxicos. Os testes estatísticos mostraram que há influência do período sazonal sobre as concentrações médias dos MPT e que não existem diferenças significativas destes contaminantes, entre os diferentes corpos hídricos, durante todo o período estudado.

Palavras-chave


Coliformes. Contaminação. Metais pesados.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v6i3.850

Direitos autorais

Revista Agroambiente On-line ISSN 1982-8470 (online), www.agroambiente.ufrr.br. E-mail: agroambiente@ufrr.br. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 3.0 Brasil.