Aspectos agronômicos do tomateiro “Caline Ipa 6” cultivado sob regimes hídricos em área do semiárido.

Juliete Araújo da Silva, Alexson Filgueiras Dutra, Nariane Meire da Silva Cavalcanti, Alberto Soares de Melo, Flaviana Gonçalves da Silva, José Madson da Silva

Resumo


NNa Região Nordeste do Brasil, a instabilidade climática e a ocorrência de veranicos impossibilitam o cultivo adequado do tomate em todas as épocas do ano. Assim, faz-se necessário o uso da irrigação para suprir a demanda hídrica da cultura, porém tanto o excesso como o déficit de água no solo podem afetar a produção e a qualidade dos frutos. Nesse contexto, objetivou-se avaliar, com este trabalho, aspectos agronômicos do tomateiro “Caline IPA 6” cultivado sob diferentes taxas de reposição hídrica em área do semiárido paraibano. O experimento foi conduzido na área experimental do Setor de Fruticultura e Ecofisiologia Vegetal da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), campus de Catolé do Rocha (PB), onde 5 níveis de reposição hídrica foram estudados (50, 75, 100, 125 e 150% da evapotranspiração de referência - ETo) no delineamento
em blocos ao acaso com 4 repetições e 9 plantas úteis por parcela. A ETo foi estimada com base no modelo de Penman-Monteith. Avaliaram-se variáveis agronômicas e produtivas das plantas de tomate. As lâminas de irrigação influenciaram significativamente as características analisadas, sendo constatado que os aspectos agronômicos do tomateiro “Caline IPA 6”
são afetados positivamente com lâminas de irrigação acima de 100% da necessidade da cultura. Já a variação na reposição hídrica no consumo do tomateiro afeta os componentes de produção com maior intensidade no número de frutos e na produção por planta.

Palavras-chave


Lycopersicon esculentum Mill. Lâminas de água. Qualidade do fruto. Rendimento.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v8i3.1951

Direitos autorais

Revista Agroambiente On-line ISSN 1982-8470 (online), www.agroambiente.ufrr.br. E-mail: agroambiente@ufrr.br. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 3.0 Brasil.