Levantamento populacional de predadores (Arthropoda) em cultivo orgânico de goiaba (Psidium guajava L.).

Rogério Teixeira Duarte, Júlio César Galli, Wilson Carlos Pazini

Resumo


O conhecimento sobre as populações de inimigos naturais que habitam naturalmente o agroecossistema é considerado importante ferramenta para estabelecer estratégias relacionadas à conservação e multiplicação destes organismos. Neste contexto, os objetivos da pesquisa foram registrar e estudar a dinâmica populacional de predadores (Arthropoda) presentes nas copas das plantas de pomar orgânico de goiaba, e correlacionar a flutuação populacional dos principais agentes de controle biológico constatados com os elementos meteorológicos temperatura (°C), umidade relativa média (%) e precipitação pluviométrica acumulada (mm). A pesquisa foi conduzida entre março de 2010 e março de 2011 em um pomar orgânico de goiaba do cultivar Pedro Sato, localizado no município de Fernando Prestes, SP. Os inimigos naturais foram monitorados com cinco armadilhas adesivas amarelas, mantidas no campo por 15 dias, sendo imediatamente substituídas por novas. Para obtenção da análise
faunística foram calculados os índices dominância, abundância, frequência e constância. Para correlacionar as populações amostradas com os elementos meteorológicos foram calculados os coeficientes de correlação linear simples (r). Scymnus spp. (Coleoptera: Coccinellidae) foi considerado o inimigo natural com maior ocorrência no pomar orgânico de goiaba, com
91,81% do total de indivíduos amostrados, seguido pelos artrópodes da classe Arachnida (4,41%) e da família Chrysopidae (2,19%). Scymnus spp. e os artrópodes da classe Arachnida apresentam população super dominante em pomar orgânico de goiaba. Polybia sp. e a família Chrysopidae caracterizam população dominante. A umidade relativa influencia inversamente
na densidade populacional de Polybia sp., não sendo observada correlação entre os demais elementos meteorológicos e os predadores amostrados.

Palavras-chave


Controle biológico. Elementos meteorológicos. Flutuação populacional. Índices faunísticos. Manejo integrado de pragas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18227/1982-8470ragro.v7i3.1303

Direitos autorais

Revista Agroambiente On-line ISSN 1982-8470 (online), www.agroambiente.ufrr.br. E-mail: agroambiente@ufrr.br. Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-SemDerivações-SemDerivados 3.0 Brasil.