A CONTRIBUIÇÃO DA ARTE ATRAVÉS DAS EXPRESSÕES ARTÍSTICAS PARA O DESENVOLVIMENTO COGNITIVO DO ALUNO COM DEFICIÊNCIA

Shirlei dos Santos Catão- Brasil, Rejane Risia Gonçalves Rio

Resumo


As ações educativas no cenário nacional e internacional convergem em direção a uma “educação para todos”, e a educação das pessoas com deficiência é, sem dúvida, uma dos seus maiores desafios. Considerando que a estimulação da atividade humana da pessoa com deficiência se estabelece na realidade concreta dentro de um processo de desenvolvimento cognitivo singular e pela interação social, a arte, enquanto conjunto de diferentes expressões de aprendizado é considerada um importante vínculo para esses contextos. Nesse sentido, o interesse pela presente pesquisa surgiu da necessidade de verificar a contribuição da arte através das expressões artísticas para o desenvolvimento cognitivo do aluno com deficiência mental. Para isso, realizou-se no ano de 2010 uma investigação na oficina de arte do referido Centro, com objetivo de descrever se as atividades culturais relacionadas às expressões artísticas do Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência em Boa Vista Roraima – Brasil, contribuem para o desenvolvimento cognitivo dos alunos com deficiência mental.. Trata-se de uma pesquisa investigatória, não-experimental, descritiva com um paradigma de enfoque qualitativo que para explicitar conceitos sobre a contribuição das atividades artísticas através de dados confiáveis, selecionou como amostra 20 (vinte) alunos que participam ativamente da oficina de arte e seus 04 (quatro) professores. Na busca de uma metodologia adequada que possibilitasse, ao pesquisador, coletar dados indispensáveis para o estudo da pesquisa, foram utilizadas entrevistas semi-estruturadas, observações diretas e filmagens. As informações coletadas proporcionaram ao investigador oportunidades de vivenciar e registrar acontecimentos reais no contexto investigado, assegurando com isso a veracidade das análises dos dados e a procedência correta nas formas de divulgação e apresentação dos resultados. O acesso a estas informações permitiu considerar que as atividades artísticas do teatro, da dança e da música desenvolvidas na oficina de arte do CIAPD, possibilitam a realização de um trabalho educacional que integra o aluno, ajudando-o a desenvolver diferentes competências e habilidades que são indispensáveis para sua vida, e que contribuem sobremaneira para o desenvolvimento dos processos cognitivos, motores, socioculturais e afetivos das pessoas com deficiência mental, pois possibilitam novas maneiras de ser e sentir-se, a partir do ver, sentir, fazer, expressar e refletir.

Palavras chave: Arte. Deficiência mental. Desenvolvimento Cognitivo. Linguagem Musical. Linguagem Corporal.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18227/1983-9065ex.v6i2.2018

ISSN 1983-9065
Revista Eletrônica de Ciências Sociais, História e Relações Internacionais.