A EVASÃO DISCENTE NO CURSO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE RORAIMA.

Gabriel de Souza Alencar

Resumo


A evasão de discentes no ensino superior é um problema presente em todas as sociedades
ao redor do mundo, e é também uma questão que tem preocupado o Brasil em razão de sua forte
presença na educação brasileira. A evasão tem um aspecto negativo ao ensino não só porque afeta
uma parte essencial para o desenvolvimento da nação, mas também porque é um fator que traz
prejuízos econômicos, sociais e culturais para a sociedade. Este artigo visa trazer dados empíricos a
respeito do fenômeno da evasão de acadêmicos do curso de Relações Internacionais da
Universidade Federal de Roraima – UFRR, apresentando, para isto, dados baseados em
questionários aplicados a discentes que se evadiram do curso, investigando seu antecedentes
(econômico, familiar, educacional, etc.) e as razões que os levaram a não terminar o curso, a fim de
propiciar bases científicas para o aprimoramento do curso por meio do desenvolvimento e
implementação de novas políticas com este fim.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18227/1983-9065ex.v3i1.1491

ISSN 1983-9065
Revista Eletrônica de Ciências Sociais, História e Relações Internacionais.