CICLOS ECONÔMICOS, REORGANIZAÇÃO PRODUTIVA E UBERIZAÇÃO DO TRABALHO

Matheus Felipe Gomes Dias

Resumo


O presente ensaio busca abordar as recentes transformações no mundo do trabalho, sobretudo a partir de uma discussão sobre a relação entre Ciclos Econômicos e reorganização produtiva. Com base nisso, recorre-se a literatura sociológica com o objetivo de compreender uma relação entre Ciclos econômicos, uberização do trabalho, tecnologia e reorganização produtiva. Deste modo, busca-se sistematizar uma discussão preliminar desta relação, buscando trazer uma base argumentativa para uma pesquisa mais ampla, que permita compreender esse fenômeno associado as transformações nas mobilizações políticas dos trabalhadores e um aprofundamento dos aspectos recentes dos embates entre capital e trabalho.


Palavras-chave


Ciclos Econômicos; Forças Produtivas; Reorganização Produtiva; Trabalho; Uberização.

Texto completo:

PDF

Referências


ABÍLIO, Ludmila Costhek. “Uberização do trabalho: subsunção real da viração”. Passa Palavra [19/02/2017]. Disponível em: Acesso em: 18/05/2020.

ANTUNES, Ricardo. Os sentidos do trabalho: ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo, 1999.

BERNARDO, João. Democracia totalitária: teoria e prática da empresa soberana. São Paulo: Editora Cortez, 2004.

BERNARDO, João. Economia dos conflitos sociais. São Paulo: Editora Cortez, 2009.

SECCO, Lincoln; FERREIRA, Fernando. S. “Ciclos econômicos e conflitos sociais”. Revista de Economia Política e História Econômica, vol. 36, 2016.

SLEE, Tom. Uberização: a nova onda do trabalho precarizado. São Paulo: Elefante, 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.5281/zenodo.4015580

Apontamentos





Direitos autorais 2020 Boletim de Conjuntura (BOCA)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Boletim de Conjuntura (BOCA)      ISSN: 2675-1488

Caixa postal 253. Praça do Centro Cívico. Boa Vista, RR, Brasil. CEP 69301-970.