OS CIENTISTAS SOCIAIS NO COMBATE AO CORONAVÍRUS E CONTRA A NECROPOLÍTICA: PRIMEIRAS BATALHAS

Romero Albuquerque Maranhão

Resumo


A pandemia do novo coronavírus requer várias ações e respostas, à medida que o vírus se propaga e ocasiona diversas consequências sociais, econômicas e políticas. Neste contexto, os cientistas sociais que estudam os fenômenos relacionados à sociedade são imprescindíveis, pois são estratégicos para a compreensão da distribuição e difusão da epidemia em determinado espaço social. Assim, este ensaio tem como objetivo analisar, a partir de uma pesquisa exploratória e descritiva, as primeiras reflexões produzidas pelos cientistas sociais frente ao desafio de combater os efeitos adversos da pandemia que já afetam a população brasileira. Os resultados apontam que os pesquisadores estão concentrando suas atenções às questões relacionadas: ao medo; às escalas; aos riscos para os índios; à precariedade do trabalho fomentada pelo Estado; à violência contra a mulher durante a quarentena; com a acelerada divulgação científica; e à necropolítica como prática governamental.


Palavras-chave


Brasil; COVID-19; Ciências Sociais; Necropolítica.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAUJO, M. “Manipulação e Fake News”. In: Manipulação e Fake News: Uma Nova Forma de Comunicação. São Paulo: Debate no Goethe-Institut, 2016. Disponível em: . Acesso em: 07/04/2020.

BITTENCOURT, R. N. “Pandemia, isolamento social e colapso global”. Revista Espaço Acadêmico, vol. 19, n. 221, 2020.

BORGES, B.; DUQUE, D.; VELOSO, F. A. A.; SENNA, J. J.; PEREIRA, L. V.; RIBEIRO, L.; MATOS, S. M. “O maior desafio mundial desde a Segunda Guerra Mundial”. FGV IBRE – Boletim Macro, março, 2020.

BOURDIEU, P. Contrafogos: táticas para enfrentar a invasão neoliberal. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editora, 1998.

CAPIBERIBE, A. “COVID-19: Um novo velho conhecido dos indígenas”. Boletim Especial n. 18 [10/04/2020]. Disponível em: . Acesso em: 07/04/2020.

CARRARA, S. “As Ciências Sociais e a Saúde Coletiva frente a atual epidemia de ignorância, irresponsabilidade e má-fé”. Boletim Especial n. 3 [24/03/2020]. Disponível em: . Acesso em: 07/04/2020.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. 17ª edição. São Paulo: Paz & Terra, 2009.

CASTELO, R. “Crise conjuntural e (re)militarização da “questão social” brasileira”. Revista Margem à Esquerda, n. 23, 2014.

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A.; DA SILVA, R. Metodologia científica. 6ª edição. São Paulo: Editora Pearson Prentice Hall, 2007.

COE – Council Of Europe. “COVID-19 crisis: Secretary General concerned about increased risk of domestic violence”. COE Portal [30/03/2020]. Disponível em: . Acesso em: 03/04/2020.

COSTA, P. R. S. M. “Violências contra mulheres em tempos de COVID-19”. Portal Eletrônico da UFS. Disponível em: . Acesso em: 03/04/2020.

DE VITO, A.; GOMEZ, J. P. “Estimating the COVID-19 Cash Crunch: Global Evidence and Policy”. SSRN Website [27/03/2020]. Disponível em: . Acesso em: 07/04/2020.

DRUCK, G. “Trabalho, precarização e resistências: novos e velhos desafios?” Caderno CRH, vol.24, número especial, 2011. Disponível em: . Acesso em: 07/04/2020.

FRIGOTTO, G. “Empresários mais ricos do Brasil: a ignorância, o cinismo e a ganância que matam”. Espaço e Economia. Revista brasileira de geografia econômica [2020]. Disponível em: . Acesso em: 11/0/4/2020.

GLOBO. “1,4 mil profissionais de saúde já se infectaram no Brasil e 18 morreram”. Globo [12/04/2020]. Disponível em: < https://g1.globo.com>. Acesso em: 12/04/2020.

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. “Indígenas”. Portal Eletrônico do IBGE [2020]. Disponível em: . Acesso em: 07/04/2020.

IBICT - Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia. “Ciência Aberta é Vida: Ibict lança diretório sobre coronavírus e COVID-19”. Portal Eletrônico do IBICT [2020]. Disponível em: < http://www.ibict.br>. Acesso em: 11/04/2020.

LELLIS, D. “Temos três epidemias em andamento: Coronavírus, informações duvidosas e o medo”. Portal Hospitais Brasil [18/03/2020]. Disponível em: . Acesso em: 07/04/2020.

MAITAL, S.; BARZANI, E. “The Global Economic Impact of COVID-19: A Summary of Research”. Samuel Neaman Institute for National Policy Research [2020]. Disponível em: . Acesso em: 04/0/4/2020.

MANDERSON, L.; LEVINE, S. “COVID-19, Risk, Fear, and Fall-out”. Journal Medical Anthropology, March, 2020.

MARANHÃO, R. A.; MARANHÃO, R. A. “Novo coronavírus (2019-nCoV): uma abordagem preventiva para o setor hoteleiro”. Brazilian Journal of health Review, vol. 3, n. 2, 2020.

MARANHÃO, R.; SENHORAS, E. M. “Pacote econômico governamental e o papel do BNDES na guerra contra o novo coronavírus”. Boletim de Conjuntura (BOCA), vol. 2, n. 4, 2020.

MBEMBE, A. “Necropolítica, una revisión crítica”. In: GREGOR, Helena Chávez Mac (org.). Estética y violencia: Necropolítica, militarización y vidas lloradas. México: UNAMMUAC, 2012.

MINGERS, J. “The paucity of multi-method research: a review of the information systems literature”. Information Systems Journal, n. 13, 2003.

PERUZZO, S. “Demandas de décadas da Enfermagem se sobressaem no combate à pandemia”. Portal Eletrônico do COFEN [09/04/2020]. Disponível em: < http://www.cofen.gov.br/>. Acesso em: 11/04/2020.

RIBEIRO, G. L. “Medo Global”. Boletim Especial n. 5 [26/03/2020]. Disponível em: . Acesso em: 07/04/2020.

SARAMAGO, J. Ensaio sobre a Cegueira. Alfragide: Editorial Caminho, 1995.

SEGATA, J. “Covid-19: escalas da pandemia e escalas da antropologia”. Boletim Especial n. 2 [23/03/2020]. Disponível em: . Acesso em: 07/04/2020.

SOUZA, M. “Os custos sociais de uma pandemia”. Jornal da USP [16/03/2020]. Disponível em: . Acesso em: 09/04/2020.

TJBA – Tribunal de Justiça da Bahia. “TJBA concede medidas protetivas por tempo indeterminado durante período de isolamento social”. Portal Eletrônico do TJBA [02/04/2020]. Disponível em: . Acesso em: 09/04/2020.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 2ª edição. Porto Alegre. Editora: Bookmam. 2001.




DOI: http://dx.doi.org/10.5281/zenodo.3753656

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Boletim de Conjuntura (BOCA)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Boletim de Conjuntura (BOCA)      ISSN: 2675-1488

Caixa postal 253. Praça do Centro Cívico. Boa Vista, RR, Brasil. CEP 69301-970.