REVISITANDO “ESTADO DE EXCEÇÃO: A FORMA JURÍDICA DO NEOLIBERALISMO”

Maciana de Freitas e Souza

Resumo


O presente trabalho trata-se de uma resenha crítica do livro “Estado de Exceção: A forma jurídica do neoliberalismo”, do professor Rafael Valim. Discute-se no texto a relação entre estado de exceção e o sistema de justiça na realidade brasileira, no qual avançam pautas conservadoras que priorizam as classes dominantes em detrimento das garantias fundamentais e a soberania popular.


Palavras-chave


Estado de Exceção; Neoliberalismo; Sistema de Justiça.

Texto completo:

PDF

Referências


VALIM, Rafael. Estado de exceção: a forma jurídica do neoliberalismo. São Paulo: Editora Contracorrente, 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.5281/zenodo.3893370

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Boletim de Conjuntura (BOCA)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Boletim de Conjuntura (BOCA)      ISSN: 2675-1488

Caixa postal 253. Praça do Centro Cívico. Boa Vista, RR, Brasil. CEP 69301-970.