FLORESTAN FERNANDES E O MARXISMO

Michel Goulart da Silva

Resumo


Discute-se neste ensaio a teoria da revolução defendida por Florestan Fernandes e sua relação com o marxismo, destacando sua aproximação com a tradição trotskista. 

Palavras-chave


Florestan Fernandes; Marxismo; Revolução Burguesa; Socialismo.

Texto completo:

PDF

Referências


COGGIOLA, Osvaldo. “Florestan Fernandes e o socialismo In”.: FERNANDES, Florestan. Em busca do socialismo: últimos escritos e outros textos. São Paulo: Xamã, 1995.

FERNANDES, Florestan. Em busca do socialismo: últimos escritos e outros textos. São Paulo: Xamã, 1995.

FERNANDES, Florestan. “O que é revolução”. In: Clássicos sobre a revolução brasileira. São Paulo: Expressão Popular, 2007.

FERNANDES, Florestan. A Revolução Burguesa no Brasil. 5ª ed. São Paulo: Globo, 2005.

MANDEL, Ernest. O capitalismo tardio. São Paulo: Abril Cultural, 1982.

SACHETTA, Hermínio. “O trotskismo”. In: TROTSKY, Leon. A revolução permanente. São Paulo: Expressão Popular, 2007.

SILVA, Michel Goulart da. “O partido político em Florestan Fernandes”. Em Debate, n. 8, 2013.

SILVA, Michel Goulart da; VELHO, Ricardo Scopel. “A Constituinte na perspectiva estratégica de Florestan Fernandes”. Marx e o Marxismo, n. 12, 2019.

TROTSKY, Leon. A história da revolução russa. 3ª edição. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978.




DOI: http://dx.doi.org/10.5281/zenodo.3978768

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 Boletim de Conjuntura (BOCA)

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Boletim de Conjuntura (BOCA)      ISSN: 2675-1488

Caixa postal 253. Praça do Centro Cívico. Boa Vista, RR, Brasil. CEP 69301-970.