VALORAÇÃO EMPRESARIAL: UM ESTUDO DE CASO DE UMA EMPRESA AERO-AGRÍCOLA

Catherine Mendes Carnio, David Ferreira Lopes Santos

Resumo


Valorar uma empresa ou um ativo é uma das atividades mais importantes e de difícil realização na gestão empresarial. Essa tarefa torna-se mais relevante quando se trata de um novo empreendimento. Diante da necessidade de explorar esse tema de maneira aplicada, esse estudo tem por objetivo valorar um plano de negócio para uma empresa aero-agrícola a ser estabelecida no interior do estado de São Paulo. Os resultados foram construídos por meio do Fluxo de Caixa Descontado que foi elaborado a partir de dados primários e secundários. Como as incertezas inerentes ao fluxo de caixa são representativas em empresas nascentes, utilizou-se de forma combinada a Simulação de Monte Carlo e a Teoria de Opções Reais para determinar o valor do investimento, da flexibilidade de abandono e a probabilidade da sua viabilidade. Os resultados permitiram valorar o plano de negócio, considerando três modelos de aeronaves, e direcionando a decisão de forma objetiva para a melhor alternativa. Adicionalmente, construiu-se o ponto de equilíbrio econômico como forma de apresentar o volume de operações necessárias à viabilidade do investimento. Entende-se que o processo de valoração utilizado nesse estudo pode auxiliar outros empreendedores, profissionais de gestão e demais profissionais envolvidos com a análise de investimentos.

Palavras-chave


Agronegócio; Fluxo de Caixa Descontado; Aviação Agrícola; Teoria das Opções Reais.

Texto completo:

PDF

Referências


Cardoso, J. D., Miguel, P. A., & Casarotto Filho, N. (2015) Inovação na Agricultura Brasileira: Uma Análise da Literatura. Revista GEINTEC, 5(4), 2495-2510.

Copeland, T., & Antikarov, V. (2001) Opções Reais: Um novo Paradigma para Reinventar a Avaliação de Investimentos. Campus, Rio de Janeiro.

Conceição E. V., Sanches, A., & Santos, D. F. L. (2019). Valuation of an innovation strategy in the diversification of products in the agricultural auto parts sector. Agricultural Finance Review, 79(4), 519-536.

Cox, J. C., Ross, S. A., & Rubinstein, M. (1979) Option Pricing: a simplified approach. Journal of Financial Economics 7(3), 229-264.

Damodaran, A. (2007). A Avaliação de Empresas. (2ª ed.). São Paulo: Pearson.

EMBRAER. (2015). Ipanema 203. Fonte: http://www.embraeragricola.com.br/ipanema203/index.html

Farinelli, J. B. M., Santos, D. F. L., Fernandes, C., Fernandes, M. M. M., Silva, M. F. (2018) Crop Diversifi cation Strategy to Improve Economic Value in Brazilian Sugarcane Production. Agronomy Journal, 110(4), 1402-1411.

Figueira, K. K., Hörbe, T. A. N., Vargas, K. F. S., Machado, E. C., & Moura, G. L. (2017) Startups: Estudo do Processo de Abertura e Gerenciamento. Revista de Administração da UFSM, 10(Special Issue), 56-71.

Gelinski Júnior, E., Costa, A. D., Gonçalves, F. D., & Duenhas, R. A. (2014). Sistema de Inovação do Agronegócio Brasileiro? Dualismo estrutural-tecnológico e desafios para o desenvolvimento do país. Desenvolvimento em Questão, 12(28), 279-317.

Gomes, A. C., & Mól, A. L. (2013). Opções Reais como Ferramenta para Análise de Investimentos em Tecnologia da Informação. Sistema & Gestão, 8(4), 318-332.

Jerônimo, C. E. M. (2013) Estudo de viabilidade econômica aplicado a um projeto agroindustrial: análise de sensibilidade. Revista de Administração de Roraima 3(2), 156-180.

Leal, R. B., & Santos, D. F. L. (2017) Metodologias para Valoração de Empresas Agroindustriais. Gestão, Finanças e Contabilidade, 7(3), 340-361.

Lousada, M., & Valentim, M. L. P. (2011). Modelos de tomada de decisão e sua relação com a informação orgânica. Perspectivas em Ciência da Informação, 16(1), 147-167.

MAPA. (2016). Aviação Agrícola. Fonte: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento: http://www.agricultura.gov.br/assuntos/sustentabilidade/tecnologia-agropecuaria/aviacao-agricola

Nadin, S., & Cassell, C. (2006). The use of a research diary as a tool for reflexive practice: Some reflections from management research. Qualitative Research in Accounting & Management, 3(3), 208-217.

Nardelli, P. M., & Macedo, M. A. (2011). Análise de um Projeto Agroindustrial Utilizando a Teoria de Opções Reais: a opção de adiamento. Revista de Economia e Sociologia Rural, 49(4), 941-966.

Nogueira, T. C., Santos, D. F. L., & Rodrigues, S. V. (2017). Valoração de Usina Termelétrica de Biomassa: Um Estudo de Caso. Revista em Agronegócio e Meio Ambiente, 10(2), 343-369.

Rasi, J. R. (2008). Desenvolvimento de um Veículo Aéreo não Tripulado para Aplicação em Pulverização Agrícola. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Engenharia Rural), Universidade Federal de Pelotas, Pelotas.

Santos, D. F. L., Farinelli, J. B., Neves, M. H., & Basso, L. F. (2018). Inovação e Desempenho no Agronegócio: Evidências em uma Microrregião do Estado de São Paulo. Desenvolvimento em Questão, 16(42), 442-483.

SEBRAE. (2016). Sobrevivência das Empresas no Brasil: Outubro/2016 - Resumo/Apresentação. Retrieved November 13, 2018. Disponível em: . Acesso em: 23 fev. 2019.

Vilarinho, S., Lopes, I., & Sousa, S. (2018). Developing dashboards for SMEs to improve performance of productive equipment and processes. Journal of Industrial Information Integration, 12, 13-22.

Zilio, L.B., & Lima, R. A. (2015) Atratividade de Canaviais Paulistas sob a ótica da Teoria das Opções Reais. Revista de Economia e Sociologia Rural, 53(3), 77–394.




DOI: http://dx.doi.org/10.18227/2237-8057rarr.v10i0.5933

Revista de Administração de Roraima -RARR
Roraima Management Review -RMR
e-ISSN: 2237-8057 | DOI: 10.18227/2237-8057rarr
Centro de Ciências Administrativas e Econômicas
Departamento de Administração
Universidade Federal de Roraima
Boa Vista - Roraima - Brasil

Telefone:+55 (95)3621-3149
Email:rarr.ufrr@gmail.com
Endereço:Av. Cap. Ene Garcez, 2413, bloco II, sala 243
Bairro Aeroporto, Campus Paricarana - UFRR
Cep:69310-000
Revista sob
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.
Bookmark and Share