EFICIÊNCIA CONTRATUAL SOB RESTRIÇÕES ORÇAMENTÁRIAS E FINANCEIRAS: INDICAÇÕES DE PRÁTICAS DE GESTÃO DE SERVIÇOS DE ENERGIA ELÉTRICA, ÁGUA E ESGOTO, LIMPEZA E CONSERVAÇÃO E VIGILÂNCIA PARA A UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA

Thomaz Aurélio Almondes Lima da Silva, Erasmo Moreira de Carvalho

Resumo


O objetivo dessa pesquisa é analisar quais práticas de gestão de serviços nos contratos de energia elétrica, água e esgoto, limpeza e vigilância (EALV) a Fundação Universidade Federal de Rondônia (UNIR) vem promovendo ou planejando para tornar esses contratos mais eficientes do ponto de vista financeiro, e propor, se necessário, práticas e/ou recomendações de melhoria na gestão eficiente desses contratos. Para cumprir a finalidade deste trabalho, utilizou-se, na abordagem metodológica, a concepção filosófica pragmática, o método de pesquisa qualitativo, o tipo de pesquisa tangenciando a intervencionista e, quanto à estratégia de pesquisa, tratou-se de um estudo de caso único. Como resultados foi identificado que a UNIR ainda não tem ações efetivas na implantação de ações que busquem tornar os contratos objetos de estudo mais eficientes do ponto de vista econômico. Como recomendações extraídas dos achados empíricos e do referencial bibliográfico, sugeriram-se as seguintes práticas: 1) Contrato de energia elétrica: energia solar fotovoltaica; retrofit de equipamentos; iluminação natural; uso de detectores de presença; instituição de programas de manutenção e uso racional da energia elétrica; 2) Contrato de água encanada e esgoto: captação de água da chuva; uso de águas cinzas e residuárias; reestruturação do sistema de abastecimento; hidrometração unitária e uso racional da água; 3) Contrato de limpeza: aumento na área da limpeza; alternância da frequência da limpeza e; melhoria na fiscalização e 4) Contrato de vigilância: monitoramento eletrônico.

Palavras-chave


Palavras-chave: Restrições Orçamentárias, Aumento Contratual, Práticas de Gestão, Universidade.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVAREZ, André Luiz Montero. Uso racional e eficiente de energia elétrica: metodologia para determinação dos potenciais de conservação dos usos finais em instalações de ensino e similares. Dissertação (Mestrado) – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Departamento de Engenharia de Energia e Automação Elétricas. São Paulo, 1998.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, LDA, 2009.

BRASIL. Lei Complementar nº 101, de 04 de maio de 2000. Estabelece normas de finanças públicas voltadas para a responsabilidade na gestão fiscal e dá outras providências. Brasília, 2000. Disponível em: . Acesso em: 22 mai. 2018.

COELHO, Adalberto C.; MAYNARD, João C. B. Medição Individualizada de apartamentos em edifícios multi-familiares. In: Anais do 19º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental. Foz do Iguaçu/PR, p. 1048-1059. 1997. Disponível em http://www.bvsde.paho.org/bvsacd/abes97/edificios.pdf. Acesso em:

FILHO, Juaccy Cavalacante da Silva; COSTA, Margarida Alves Eloy da. Redução de Custo em um Hospital Público de Grande Porte através da Gestão da Mão-de-obra Terceirizada. In: Anais do Congresso Brasileiro de Custos-ABC. 2003.

FILHO, Luiz Patrício Cintra do Prado; GUIDO, Rodolfo Victório Carvalho; TEIXEIRA, Hélio Janny; RIBEIRO, Evelyn Ebling Mac Dubugras. Reduzindo os custos das contratações de serviços terceirizados com planejamento, inovação e produtividade. 2016. Disponível em:< https://www.researchgate.net/profile/Luiz_Cintra_Do_Prado_Filho/publication/304827992_reduzindo_os_custos_das_contratacoes_de_servicos_terceirizados_com_planejamento_inovacao_e_produtividade/links/577c11fb08ae355e74f16a50/reduzindo-os-custos-das-contratacoes-de-servicos-t er c ei r i z a dos-com-planejamento-inovacao-e-produtividade.pdf>. acesso em: out. 2018.

FILHO, Aloísio F. S et al. A hidrometração individualizada como instrumento disciplinador de consumo. In: Anais do 23º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental. Campo Grande/MS. 2005. Disponível em . Acesso em: out. 2018.

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA (UNIR). Relatório de Gestão, 2015. Disponível em:< http://www.Dpdi.unir.br/uploads/01152192/menus/relatorios/relato rio degestao_2015_final.pdf>. Acesso em: 05 jun. 2019.

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA. Relatório de Gestão, 2016. Disponível em: < http://www.dpdi.unir.br/uploads/0 1152192/menus/relatorios/relatori o_de_gestao_2016_versao_final_publicado.pdf. Acesso em: 05 jun. 2019.

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA. Relatório de Gestão, 2017. Disponível em: < http://www.dpdi.unir.br/uploads/0152192/RELATORIO%DE%%20201 7 1.pdf. Acesso em: 05 jun. 2019.

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE RONDÔNIA. Relatório de Gestão, 2018. Disponível em: http://www.dpdi.unir.br/uploads/01152192/RG%202018%20-%20FINA L %20mesmo.pdf.. Disponível em: 05 jun. 2019.

GOLDRATT, Eliyahu M.; COX, Jeff. A Meta: um processo de melhoria contínua. 2. ed. São Paulo: Nobel, 2002.

GODOY, Arlida Schmidt. Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades. Revista de administração de empresas, v. 35, n. 2, p. 57-63, 1995.

GHISI, Enedir; LAMBERTS, Roberto. Desenvolvimento de uma metodologia para retrofit em sistemas de iluminação. Anais Enatac, v. 7, p. 401-409, 1998.

LIMA, Marcelo Albuquerque. Gestão de água em edifícios públicos administrativos: recomendações baseadas em estudo de caso no TCU. 2015.

MAIA, Alexandre et al. A importância da melhoria da qualidade do gasto público no Brasil: Propostas práticas para alcançar este objetivo. In: II Congresso CONSAD de Gestão Pública, Painel. 2007.

MARINOSKI, A. K.; ANDRADE, M. Componentes hidráulicos economizadores de água. LAMBERTS, R. et al. Casa Eficiente: uso racional da água. Florianópolis: UFSC/LabEEE, 2010.

MARQUES, Túlio; KRUSE, Tulio; BISPO, Fábio. Corte de bolsa, transporte e bandejão: como o bloqueio afeta a vida de universitários. ESTADÃO, 15 de julho de 2019. Disponível em:. Acesso em: 06 jul. 2019.

MAGALHÃES, Yana Torres de; NETO, Antonio Moreira de Carvalho; GONÇALVES, Pedro Paulo Barros. Os múltiplos desafios da gestão de terceirizados: a experiência dos gestores de contratos. Revista de Ciências da Administração, v. 12, n. 26, p. 116-143, 2010.

MAXIMIANO, A. C. Amaru. Introdução à Administração. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2000.

NASCIMENTO, Raimundo Cezar Campos; COSTA, Rosane Maria; MENDONÇA, Valder Cavalcante Maia. Eficiência no consumo de energia elétrica em biblioteca universitária: aplicando indicadores de sustentabilidade na Biblioteca de Ciências da Saúde da UFC. RBBD. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, v. 13, p. 19-31, 2017.

NASCIMENTO, Gruwer Maciel. O Impacto Estratégico do Benchmarking nas Organizações Públicas. NEGÓCIOS EM PROJEÇÃO, v. 4, n. 2, p. 19-27, 2013.

NASCIMENTO, Thays Valente do; FERNANDES, Lindemberg Lima; YOSHINO, Gabriel Hiromite. Potencial de aproveitamento de água de chuva na Universidade Federal do Pará-Belém/PA. Revista Monografias Ambientais, v. 15, n. 1, p. 105-116. 2016.

OYADOMARI, José Carlos; SILVA, Paulino Leite da; NETO, Octávio Ribeiro de Mendonça; RICCIO; Edson Luiz. Pesquisa intervencionista: um ensaio sobre as oportunidades e riscos para pesquisa brasileira em contabilidade gerencial. Advances in Scientific and Applied Accounting, v. 7, p. 244-265, 2014.

SILVA, Sergio B. et al. Estudo da viabilidade econômica para a instalação de sistemas fotovoltaicos nos campi ifgitumbiaraeuruaçu. In: VII Congresso Brasileiro de Energia Solar-CBENS, 2018.

SILVA, Sérgio R. S. Avaliação do sistema de medição individualizada de água em prédios populares situados na cidade de Salvador-Bahia. Universidade Federal da Bahia. Dissertação (Mestrado Profissional em Gerenciamento e Tecnologia Ambiental no Processo Produtivo). Salvador, 2010.

SILVA, Thomaz Aurélio Almondes Lima da et al. Práticas de Gestão Pública em Cenário de Contingenciamento Orçamentário: um estudo exploratório em uma Instituição de Ensino Superior da Região Norte. Revista de Administração de Roraima-RARR, v. 8, n. 1, p. 28-48, 2018.

UNIVERSIDADE FEDERAL DE CAMPINA GRANDE. Projeto de redução do consumo d´água da UFCG recebe prêmio de boas práticas. Disponível em:< http://www.prefeitura.ufcg.edu.br/programas/115-pu-realiza-1-reuniao-com-os-sub-prefeitos-da-ufcg-3>. Acesso em: 20 abr. 2019.

VILELA, Pedro Rafael. CMN fixa em 3,5% a meta de inflação para 2022. Empresa Brasil de Comunicação – EBC, 2019. Disponível em:< http://agencia brasil.ebc.com.br/ec onomia/noticia/2019-06/cmn-fixa-em-35-meta-de-inflacao-para-2022>. Acesso 28 jul. 2019.

WATSON, Kevin J.; BLACKSTONE, John H.; GARDINER, Stanley C. The evolution of a management philosophy: The theory of constraints. Journal of operations Management, v. 25, n. 2, p. 387-402, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.18227/2237-8057rarr.v10i0.5870

Revista de Administração de Roraima -RARR
Roraima Management Review -RMR
e-ISSN: 2237-8057 | DOI: 10.18227/2237-8057rarr
Centro de Ciências Administrativas e Econômicas
Departamento de Administração
Universidade Federal de Roraima
Boa Vista - Roraima - Brasil

Telefone:+55 (95)3621-3149
Email:rarr.ufrr@gmail.com
Endereço:Av. Cap. Ene Garcez, 2413, bloco II, sala 243
Bairro Aeroporto, Campus Paricarana - UFRR
Cep:69310-000
Revista sob
Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution-NonCommercial-ShareAlike 4.0 International License.
Bookmark and Share