A CONSTRUÇÃO DA CONDIÇÃO URBANA-METROPOLITANA AMAPAENSE

Jadson Luis Rebelo Porto

Resumo


Este artigo visa refletir sobre a construção da Região Metropolitana Amapaense sob dois entendimentos, espacialidade e institucionalidade. Criada em 2003, foi originalmente formada pelos municípios de Macapá e Santana. A manifestação espacial da intenção de sua criação tem corroborado para a desconstrução das configurações da condição urbana para novas construções de uma configuração urbano-metropolitana, articulada com intenções políticas; mas ainda não é construída com políticas territoriais. Este texto é composto por três tópicos. O primeiro discute alguns aspectos da origem e evolução da região metropolitana no Brasil; o segundo, discute brevemente a condição urbana amapaense; o terceiro, visa perceber a instalação do novo processo de configuração urbana amapaense, em ensaios de condição urbano-metropolitana.

Palavras-chave


Região Metropolitana Amapaense; Condição urbano-metropolitana.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5654/acta.v12i29.4738




INDEXADORES E BASES BIBLIOGRÁFICAS:

Geoscience e-Journals

Previous

Random

Next

List

ACTA GEOGRÁFICA
Revista do Curso de Geografia
Universidade Federal de Roraima (UFRR)
Telefone: +55 (95)3621-3162
E-mail: luiza.camara@ufrr.br
Boa Vista - Roraima - Brasil

Revista sob Licença Creative Commons